segunda-feira, dezembro 18, 2017
Banner Top

Mais uma etapa do projeto para requalificar o mirante da Serra do Rio do Rastro, em Bom Jardim da Serra, foi concluída nesta quinta-feira, 4. Em reunião realizada no município, foi apresentado para a comunidade o anteprojeto de zoneamento físico-territorial e de usos da área do mirante da Serra do Rio do Rastro, a ser implantado em área próxima aos peraus da Serra. Estiveram presentes o secretário de Estado do Planejamento, Cassio Taniguchi, o secretário executivo de Desenvolvimento Regional de Criciúma, João Fabris, a secretária de Desenvolvimento Regional de São Joaquim, Solange Pagani, comerciantes, empresários e investidores interessados no turismo da Serra.

“Esta é uma das estradas mais lindas que eu já vi e deve ser uma das mais lindas do mundo. Santa Catarina tem um potencial turístico fantástico aqui, e o Governo do Estado quer explorar e atrair ainda mais turistas para esta região que é uma verdadeira dádiva de Deus” comenta o secretário de Estado do Planejamento, Cassio Taniguchi.
A Secretaria de Planejamento apresentou um novo mapeamento da fazenda Cambajuva, em Bom Jardim da Serra, onde fica localizado o mirante da Serra. O projeto prevê demarcação das zonas de preservação permanente, zona de uso limitado, zona de ocupação controlada e zona de ocupação futura. Além disso, foi apresentado o novo projeto arquitetônico para revitalização do ponto, contendo ampliação do espaço, arborização da praça, área coberta, espelho d’água, monumento, trilha e outros.

O projeto será desenvolvido por meio de parceria público-privada e busca investidores para atrações no local, como por exemplo, a futura instalação de uma passarela de vidro, teleférico ou tirolesa. “Este equipamento e todo investimento aplicado aqui será o grande divisor de águas do turismo no mirante da Serra do Rio do Rastro”, acrescenta a secretária de Desenvolvimento Regional de São Joaquim, Solange Pagani.

Para o secretário regional João Fabris, outras obras e investimentos também estão garantindo o turismo na Serra. Nesta semana, o Deinfra Sul e a Coordenadoria Regional da Defesa Civil entregaram ao Estado um estudo de melhorias nos locais que contêm riscos de deslizamentos. “Inauguramos recentemente a SC-446, que liga Treviso a Lauro Müller. Esta é uma nova rota para quem sobe a Serra do Rio do Rastro, diminuindo em até 12 quilômetros para quem vem de Criciúma, por exemplo”, complementa Fabris.

Paula Darós Darolt
Assessoria de Imprensa
Agência de Desenvolvimento Regional de Criciúma

1 comentário

Deixe um comentário